... ...

Rua Cayowaá, 1071 - CJ 141/142 Perdizes - São Paulo

Horário de atendimento : Segunda à Sexta feira - 8:30h às 18h
  Contato : (11) 3803-7700

Doenças do Fígado, Pâncreas e Vias Biliares

Uma das doenças mais comuns relacionadas ao Fígado, Pâncreas e Vias Biliares é a Pedra na Vesícula. Conheça os Sintomas mais comuns, e o que fazer caso eles apareçam.

Doenças do Fígado, Pâncreas e vias biliares

Você sente dor intensa do lado direito superior do abdômen? Essa dor se espalha para a parte de cima da caixa torácica ou para as costelas? A dor normalmente aparece meia hora após uma refeição, atinge um pico de intensidade e diminui depois? 

Esses são alguns dos sintomas que muitos dos pacientes têm quando chegam aqui na Clínica e na grande maioria dos casos a Pedra na Vesícula é o grande vilão.

Ao longo desse texto você entenderá exatamente quais os sintomas mais comuns, causas, tratamento e por fim darei algumas recomendações que eu passo em consulta para alguns pacientes que sofrem desse problema.

Mas antes preciso da sua atenção plena para explicar o que é a Pedra na Vesícula.

O que é a Pedra na Vesícula?

A Pedra na Vesícula são pequenas pedras que se formam na Vesícula Biliar (órgão que fica localizado na parte inferior do lado direito do fígado).

As pedras são formadas na vesícula biliar pela bile (líquido digestivo) e algumas vezes ficam presas no duto biliar e bloqueiam o fluxo da bile para o intestino. Essa obstrução provoca a famosa cólica biliar que se caracteriza por uma dor intensa no lado direito superior do abdome ou nas costas. Alguns deles se alojam na vesícula biliar mas não causam sintomas ou dores.

Quando a cólica persiste é porque a pedra permanece no duto. No entanto, muitas delas podem voltar para a vesícula ou ser empurradas para o intestino. Quando isso acontece, a crise dolorosa diminui.

Sintomas mais comuns 

Como mencionado acima, alguns casos de pedra na vesícula podem ser assintomáticos, mas outros provocam:

  • Fortes Dores (abdominal e cabeça);
  • Icterícia;
  • Febre acima de 38º C;
  • Diarreia constante;
  • Enjoos ou vômitos, especialmente após as refeições;
  • Perda de apetite;

O diagnóstico é feito por ocasião de um ultra-som de rotina em busca de outras condições abdominais ou, ocasionalmente, por palpação da vesícula biliar durante a cirurgia. Essa definição implica que sabemos quais sintomas são específicos dos cálculos biliares.

Principais causas

As pedras na vesícula geralmente são formadas por alterações quimicas na composição da bile. Conheça alguns dos fatores que podem causar esse tipo de alteração:

  • Dieta rica em gorduras e carboidratos simples, como pão branco e refrigerantes;
  • Dieta pobre em fibras, como alimentos integrais, frutas e verduras;
  • Diabetes;
  • Colesterol alto;
  • Falta de atividade física;
  • Hipertensão arterial;
  • Fumo;
  • Uso prolongado de anticoncepcionais:
  • Histórico familiar de pessoas com pedra na vesícula.

As mulheres em geral têm maior predisposição a ter pedras nas vesícula do que os homens, por conta das diferenças hormonais.

Tratamento

O tratamento para pedra na vesícula precisa ser feito por um gastroenterologista e ocorre de acordo com o tamanho das pedras. Também varia conforme a presença de sintomas ou não. As pessoas que desenvolvem pedras pequenas ou que não apresentem sintomas geralmente tomam medicamentos prescritos pelo médico gastroenterologista para desfazer as pedras, como por exemplo o Ursodiol, mas esse tratamento pode levar anos até que as pedras se diluam.

Conheça nossa equipe médica

CRM 112.029

Cirurgia do Aparelho Digestivo

 O Dr. Eduardo Kenzo Mory é formado em Medicina pela USP e Especialista em Cirurgia do aparelho digestivo, Gastroenterologista e Cirurgia Geral.

CRM 129.284

Cirurgia do Aparelho Digestivo

O Dr. José Luiz de Jesus Almeira é formado em Medicina pela USP e Especialista em Cirurgia do aparelho digestivo, Gastroenterologista e Cirurgia Geral.

CRM 125.041

Cirurgia do Aparelho Digestivo

O Dr. Thiago Shigueyoshi Otsuzi é formado em Medicina pela USP e Especialista em Cirurgia do aparelho digestivo e Cirurgia Geral. Médico perceptor da Disciplina de Cirurgia do aparelho digestivo do Hospital das Clínicas das FMUSP